Notícias

22
set/2015
Bate-papo “Como você destina o resíduo têxtil?” reúne empresários na CIC
Compartilhe

Acesse a apresentação aqui

            O Sindicato das Indústrias do Vestuário e do Calçado do Nordeste Gaúcho (Sindivest), juntamente com Fitemasul e com o apoio do APL Pólo de Moda, realizou o bate-papo com empresários do setor em parceria com a Newamb sobre o destino ambientalmente correto para os resíduos têxteis, no dia 21 de setembro, no auditório do Fitemasul, na Cic Caxias.

            Cézar Zimermann, da Newamb, lembrou que os resíduos têxteis não podem ser dispensados diretamente no meio ambiente ou recolhidos pela coleta seletiva porque liberam gases na degradação, como o sulfeto de carbono e o gás sulfídrico. Assim, apresentou como alternativas os aterros industriais por serem biodegradáveis e também para o coprocessamento (incineração) pelo alto valor calorífico. Segundo ele, o processo de coprocessamento exige um investimento de R$ 720,00 por tonelada ou R$ 0,72 por kg, já o aterro industrial em média de R$ 0,20 a R$ 0,25 por kg ou R$ R$ 200,00 a R$ 250,00 por tonelada. Cézar também apresentou como alternativa o sistema de coleta dos resíduos focado nos pequenos geradores, através de coletas coletivas, para reduzir o custo do transporte. Já os grandes geradores podem contar com uma coleta independente. E há a terceira opção que é a construção de uma central de resíduos.
            As empresas precisam emitir nota fiscal de saída no momento da coleta dos tecidos que serão enviados para o destino final, acompanhados de nota contendo informações como peso ou volume dos tecidos. Essa informação é fundamental para a emissão de Certificado Ambiental, gerado pela empresa receptora dos resíduos e entregue pela Newamb. As indústrias que ainda não têm a Licença de Operação (LO) concedida pela SEMMA podem destinar os resíduos por um período indeterminado para aterro industrial, porém devem encaminhar e regularizar essa questão o quanto antes. As empresas que recebem e fazem o tratamento dos resíduos logo exigirão as devidas licenças ambientais para receberem os resíduos. Essa exigência já faz parte das empresas de incineração, elas não recebem resíduos de indústrias e empresas que não possuem Licença de Operação.
            A Newamb pode auxiliar em todo o processo de licenciamento ambiental para regularização das indústrias que ainda não tem a Licença de Operação.

Parceria para associados do Sindivest
As indústrias do vestuário da cidade e da região associadas ao Sindivest contam com a parceria da Newamb Soluções Ambientais para a destinação dos resíduos sólidos, bem como a consultoria ambiental. A Newamb atua especificamente na área de consultoria ambiental, coleta, transporte e encaminhamento de resíduos sólidos industriais ao seu destino final.

Voltar