Notícias

22
set/2014
Estampas criativas ampliam possibilidades de mercado
Compartilhe

Novas técnicas de impressão tornam micro e pequenas empresas mais competitivas nos segmentos têxtil e calçadista, com aposta na originalidade

Grandes marcas se consagraram ao desenvolver estampas que se tornaram verdadeiros objetos de desejo. Nesses casos, a criatividade é considerada o diferencial e, também, será tema do 6º Fórum de Moda promovido pelo Sindicato das Indústrias do Vestuário e do Calçado do Nordeste Gaúcho (Sindivest), que ocorre dia 1º de outubro. Mas, esse estilo que pode parecer dispendioso, se torna acessível também a micro e pequenas empresas diante das opções variadas de impressão disponíveis hoje no mercado.
“Existem muitas formas de fazer uma estampa exclusiva, pensada e criativa com custo que cabe no bolso de qualquer empresa. A estampa pode se tornar o diferencial de uma marca, quando exclusiva, e também é capaz de provocar diferentes sensações ao público-alvo”, defende a estilista do Núcleo de Moda, Luciane Vicenzi.

Entre as cerca de 1,5 mil empresas que o Sindivest atende hoje, 81,36% se caracterizam por serem de micro e pequeno porte, tendo de um a 19 colaboradores. Mas, Luciane pontua que, apesar das ferramentas acessíveis, é fundamental a presença de um profissional capaz de interpretar as necessidades da empresa, do mercado e as sinalizações da moda: “Fazer uma estampa não é sair desenhando, mas reunir informações e imagens que se transformem em objeto de desejo”.
O 6º Fórum de Moda acontece das 18h às 21h no auditório da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul.

Sobre a estilista: Luciane Vicenzi é especialista em moda, criatividade e negócios. Graduada e pós-graduada pela Universidade de Caxias do Sul. Possui ampla experiência com desenvolvimento de produtos e construção de conteúdos.  Atua de forma autônoma, atendendo empresas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Atualmente, é docente na FTEC - unidade Caxias do Sul.

Voltar